icone-twitter-colegio-franciscano-regina-pacis icone-facebook-colegio-franciscano-regina-pacis icone-youtube-colegio-franciscano-regina-pacis icone-email-colegio-franciscano-regina-pacis icone-portal-do-professor-colegio-franciscano-regina-pacis icone-portal-do-aluno-colegio-franciscano-regina-pacis
ensino-medio-do-colegio-franciscano-regina-pacisensino-medio-do-colegio-franciscano-regina-pacisensino-medio-do-colegio-franciscano-regina-pacisensino-medio-do-colegio-franciscano-regina-pacis

Profissão Definitiva de Ir. Amélia em Governador Valadares

postado em 12 de nov de 2014 09:54 por Provincia Santa Clara   [ 12 de nov de 2014 10:06 atualizado‎(s)‎ ]

Agradecimento Final

A todos que estiveram presentes na celebração dos meus Votos Definitivos, Paz e Bem!

Com o coração transbordando de alegria, quero agradecer a todos  pela presença não só, neste momento, mas, no decorrer da minha caminhada. Obrigada pelo carinho, pelas orações e preces com que me acompanharam ao longo desta jornada que não termina aqui, nem agora, mas  recomeça com uma nova esperança, entusiasmo e total confiança e entrega nas mãos do nosso Deus.

Quero agradecer às nossas Irmãs do Governo Geral, na pessoa de madre Karuna e Ir Laura, a cada Irmã da Coordenação Provincial, através de Ir Ana Ferreira, a todas as comunidades por onde passei, aquelas em que vivi mais tempo e aquelas em que estive por pouco tempo, mas muito significativo. Agradeço à minha família, minha mãe que já se encontra na casa do Pai e, principalmente, a meu pai pelo apoio incondicional, à Comunidade Imaculada à qual tenho a graça de pertencer, pela acolhida, apoio e compreensão neste tempo de juniorato. A meus irmãos sacerdotes, pelo dom precioso da presença e da Eucaristia, ao nosso Colégio Franciscano Imaculada Conceição pelas oportunidades de crescimento pessoal, profissional e pelas amizades aqui construídas. Enfim, a todos vocês, amigos e amigas da caminhada acadêmica ou não, obrigada por fazer parte da minha história, contribuindo de forma direta ou indireta com minha vocação.

“Não perca de vista seu ponto de partida, mas em rápida corrida, pé firme, confiante e alegre avance pelo caminho da bem aventurança”. Um dos legados que Santa Clara nos deixou foram os seus escritos, contendo sua experiência de vida espiritual e pessoal.  Este é o trecho de uma carta dirigida á sua amiga Inês e que utilizei como tema e reflexão para este momento celebrativo. Em uma carta que recebi de uma grande amiga (talvez uma Clara de nossos tempos), encontrei setas que serviram de aprofundamento deste pensamento de Santa Clara, que agora partilho com vocês. 4“Os passos que damos para iniciar um caminho, não nos levarão a lugar algum, se antes não tivermos certeza de onde queremos chegar. Andar todos os dias, trilhar vários caminhos, ir e voltar ou ir e ficar é comum no cotidiano de nossas vidas. O importante é aprender com os retrocessos  que ela porventura nos traz e cultivar o bem, o belo e o verdadeiro.

Em rápida corrida, confiante e alegre, avance pelos caminhos da bem aventurança, cultivando as possibilidades, as oportunidades, as amizades, as relações fraternas e assim como num jardim, é possível perceber os vários aspectos presentes em nosso cotidiano: tempo, desabrochar, germinar, esperar e contemplar a  beleza das flores que crescem. A vida é o lugar da revelação divina e é na força de nossa história que descobrimos os rastros do sagrado.

Se colocarmos o nosso coração em nossa missão, nosso corpo se impulsionará naturalmente em direção ao nosso amor primeiro, ao nosso ponto de partida e tudo terá valido a pena porque teremos dado sentido à nossa existência”. 

E hoje, minha existência ganhou mais significado, mais sentido.

“Eis-me aqui, Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra”.

Que Maria, Mãe Imaculada, mulher de fé, exemplo de coragem, fidelidade e amor ao projeto de Deus, interceda por nós junto a seu Filho, para que possamos a cada dia responder o nosso sim naquilo que somos chamados a assumir. 

Irmã Amélia Soares da Silva


Clique aqui e veja as fotos.

Oração pelo XIII Capítulo Provincial

postado em 12 de nov de 2014 09:52 por Provincia Santa Clara   [ 12 de nov de 2014 09:52 atualizado‎(s)‎ ]

Tema: “Revitalizar nossa vida em comunidade, deixando-nos formar por Jesus Eucaristia” 
Província Nossa Senhora de Nazaré – Brasil/ Guiné-Bissau

Nos dias 03 a 13 de julho de 2014 acontecerá em Belo Horizonte,  Convento São Francisco, o nosso XIII Capítulo Provincial, momento forte de avaliar a caminhada e estabelecer novas metas para o próximo quatriênio 2014/2018.

Pedimos que rezem conosco, invocando as luzes do Espírito Santo para nosso XIII Capítulo Provincial:

Trindade Santa, Pai, Filho, Espírito Santo, Fonte de Amor e sabedoria, concede-nos Teus dons, neste tempo capitular.

Dá-nos a graça de “Revitalizar nossa vida em comunidade, deixando-nos formar por Jesus Eucaristia”.

Faze-nos dóceis à Tua Palavra, atentas aos teus sinais.

Concede-nos luz, sabedoria, abertura e entrega ao Teu plano de Amor, no hoje da História.

Amém!

04 de outubro - Dia de São Francisco de Assis

postado em 15 de out de 2014 07:08 por Provincia Santa Clara   [ 15 de out de 2014 07:09 atualizado‎(s)‎ ]

banner-sao-francisco-de-assis

No dia 04 de outubro, comemoramos o dia de São Francisco de Assis.

Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis (Assis, 5 de julho de 1182 1 — 3 de outubro de 1226), foi um frade católico da Itália. Depois de uma juventude irrequieta e mundana, voltou-se para uma vida religiosa de completa pobreza, fundando a ordem mendicante dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos, que renovaram o Catolicismo de seu tempo. Com o hábito da pregação itinerante, quando os religiosos de seu tempo costumavam fixar-se em mosteiros, e com sua crença de que o Evangelho devia ser seguido à risca, imitando-se a vida de Cristo, desenvolveu uma profunda identificação com os problemas de seus semelhantes e com a humanidade do próprio Cristo. Sua atitude foi original também quando afirmou a bondade e a maravilha da Criação num tempo em que o mundo era visto como essencialmente mau, quando se dedicou aos mais pobres dos pobres, e quando amou todas as criaturas chamando-as de irmãos. Alguns estudiosos afirmam que sua visão positiva da natureza e do homem, que impregnou a imaginação de toda a sociedade de sua época, foi uma das forças primeiras que levaram à formação da filosofia da Renascença.2

Dante Alighieri disse que ele foi uma "luz que brilhou sobre o mundo", e para muitos ele foi a maior figura do Cristianismo desde Jesus, mas a despeito do enorme prestígio de que ele desfruta até os dias de hoje nos círculos cristãos, que fez sua vida e mensagem serem envoltas em copioso folclore e darem origem a inumeráveis representações na arte, a pesquisa acadêmica moderna sugere que ainda há muito por elucidar quanto aos aspectos políticos de sua atuação, e que devem ser mais exploradas as conexões desses aspectos com o seu misticismo pessoal. Sua vida é reconstituída a partir de biografias escritas pouco após sua morte mas, segundo alguns estudiosos, essas fontes primitivas ainda estão à espera de edições críticas mais profundas e completas, pois apresentam contradições factuais e tendem a fazer uma apologia de seu caráter e obras; assim, deveriam ser analisadas sob uma óptica mais científica e mais isenta de apreciações emocionais do que tem ocorrido até agora, a fim de que sua verdadeira estatura como figura histórica e social, e não apenas religiosa, se esclareça. De qualquer forma, sua posição como um dos grandes santos da Cristandade se firmou enquanto ele ainda era vivo, e permanece inabalada. Foi canonizado pela Igreja Católica menos de dois anos após falecer, em 1228, e por seu apreço à natureza é mundialmente conhecido como o santo patrono dos animais e do meio ambiente.3

1-3 of 3